Usuário

Convidado
Mensagens: 0

Últimos assuntos
» Animações: Marvel e DC
Hoje à(s) 09:56 am por Diego

» Agenda Esportiva
Hoje à(s) 08:20 am por banzé

» (Marvel) O Indigno THOR (minissérie)
Ontem à(s) 11:28 am por Diego

» Galeria de Arte: Ficção e fantasia
Ontem à(s) 10:35 am por banzé

» Cosplay World
Ontem à(s) 10:32 am por banzé

» Galeria de Arte: Heróis Bonelli
Ontem à(s) 09:11 am por banzé

» (Marvel) Luke Cage e Punho de Ferro
27/02/17, 02:27 pm por banzé

» (DC Comics) Arlequina
27/02/17, 02:21 pm por banzé

» (DC - Hanna Barbera) Future Quest
27/02/17, 02:06 pm por banzé

» (DC Comics) Superman
27/02/17, 02:01 pm por banzé

Parceiros

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Entretenimento » Mundo da Bola (Esportes em geral) » 

Esportes, Marketing e Negócios

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 8 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 14]

banzé

26 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 12/12/14, 09:42 am



Com acordo, NBA busca patrocinadores para Novo Basquete Brasil

Contrato inédito de liga norte-americana tem como desafio atrair empresas para fortalecer campeonato.

Um dos principais desafios do acordo entre NBA e Liga Nacional de Basquete, anunciado nesta quinta-feira em São Paulo, será a obtenção de patrocinadores para o NBB. Apesar de ser saudada até por outros esportes como exemplo a ser seguido, o Novo Basquete Brasil ainda enfrenta problemas para se consolidar comercialmente. O torneio, que equivale ao Campeonato Brasileiro masculino da modalidade e está em sua sétima edição, conta apenas com contratos de TV (Globo e Sportv) e de fornecedor oficial (Spalding).

“A ideia é trazer parceiros de longo prazo para que basquete brasileiro não fique correndo todo ano atrás de patrocinadores”, afirma Arnon de Mello, diretor-executivo da NBA no Brasil. “Nosso contrato é de longo prazo, não é de um nem de três anos. Talvez a gente não esteja mais aqui [no final do acordo]”, acrescentou.

Segundo o executivo da NBA, o acordo com a LNB é inédito na liga. “Muitas regiões já tentaram, mas aqui tivemos um misto de sorte com competência local e a abertura dos olhos dos dirigentes dos Estados Unidos para o mercado brasileiro”, destacou.

A primeira possibilidade é a atração dos parceiros comerciais da liga norte-americana no país, como Oi, TAM e Kalunga, patrocinadores dos jogos da pré-temporada da NBA no Rio de Janeiro. Para o executivo, é possível também conquistar parceiros da liga nos Estados Unidos. “Vamos trazer nossa expertise, nosso know-how nesta área”, afirmou Mello.

Há pouco mais de dois anos, a NBA abriu escritório no Brasil. Desde então, trouxe duas partidas da pré-temporada ao país e triplicou o número de jogos transmitidos pela TV fechada e pela internet. Com o fortalecimento do basquete nacional e o aumento do número de fãs do esporte, o executivo acredita que possa alcançar visibilidade ainda maior.

“A NBA, assim como o NBB vai estar na TV aberta no momento em que o esporte tiver alcançado esse nível de relevância. Isso vai ser uma questão natural. Estamos trabalhando para fortalecer o campeonato nacional para que volte para à TV aberta”, ressaltou Arnon.

Com o acordo recém-assinado, ainda não foi montado um plano de negócios para a parceria. Mas a ideia é que a NBA ajude na organização dos principais eventos da temporada do NBB, como o Jogo das Estrelas e as finais. Também é possível a participação em outros torneios organizados pela Liga Nacional de Basquete.

“Tanto nos Estados Unidos como aqui temos a liga de desenvolvimento de basquete. E também cuidamos da liga de basquete feminino. Uma das possibilidades aqui é o envolvimento também com a liga feminina, que ainda precisa se consolidar”, disse Arnon.



Dirigentes do LNB e da NBA posam para foto

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/acordo-de-nba-com-lnb-tem-como-maior-desafio-trazer-patrocinadores-para-basquete_27573.html#ixzz3LgPVpcm0






Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

27 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 12/12/14, 09:46 am



Fluminense apresenta Viton 44 e exalta longevidade de parceiros

Empresa fechou contrato por dois anos e substituirá Unimed Rio.

No dia seguinte ao anúncio da saída da Unimed Rio, o Fluminense apresentou um novo patrocinador. A empresa de bebidas Viton 44 acertou um contrato de dois anos com o clube.

A empresa ficará no espaço máster da camisa, sem exclusividade no uniforme, e poderá usar suas marcas livremente. Nesse primeiro momento, foi apresentada a camisa com a Matte Viton na frente e Guaravita atrás. Os valores não foram revelados.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen exaltou a longevidade dos parceiros do clube ao firmar um contrato de dois anos com o novo patrocinador.

Antes, a Unimed havia permanecido por 15 anos com a equipe. Já a Adidas, que fornece material esportivo para a equipe, está presente desde o fim da década de 1990 e tem mais cinco anos de contrato. “O Fluminense se torna cada vez mais um porto seguro para patrocinadores. Temos tradição nisso”, afirmou Siemsen.

Segundo o dirigente, o término da parceria com a Unimed foi uma decisão da empresa, ainda que o clube tenha se mantido “aberto a soluções boas a todas as partes”. Em comunicado, a seguradora afirmou que se tratava de uma reformulação no marketing.

Com o Fluminense, a Viton 44 reforça a aposta no futebol carioca. Há quatro anos, a empresa patrocina o Botafogo e, neste ano, ela acertou também com o Flamengo um patrocínio com exposição na manga da camisa.




Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fluminense-apresenta-viton-44-e-exalta-longevidade-de-parceiros_27571.html#ixzz3LgQU2Yxy



Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

ricardo83

28 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 12/12/14, 09:48 am


Nível Básico 2
Nível Básico 2
O ex-"CQC" Felipe Andreoli já tem nova casa na TV. Ele é o mais novo contratado do canal pago SporTV, que vai investir pesado em programação ao vivo no ano que vem.

Segundo fontes do canal esportivo, Andreoli, a princípio, será um dos integrantes da nova temporada de "Extraordinários", que vai perder o titã Paulo Miklos, devido a sua agenda lotada de shows.

O SporTV pretende também aumentar seu número de horas de programação com transmissões ao vivo, principalmente na faixa vespertina. O canal acredita que essa é uma das forças de quem transmite eventos esportivos e pode ser diferencial importante na TV paga.

Entre as novidades para 2015, está a reformulação do "Arena", que vai ganhar mais análises dos eventos esportivos da semana.

Haverá também um novo programa sobre os esportes pelo mundo, com a participação de todos os correspondentes internacionais do canal e a estreia de "Giro pelos Clubes", que mostrará o dia a dia dos clubes de futebol do país.

No time dos "ao vivo" do SporTV estarão ainda "SporTV News" edição da manhã, "Redação SporTV", "É Gol SporTV", " Tá Na Área", "Bem Amigos" e "SporTV News" da noite, além das transmissões de jogos e competições.
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrada/199643-sportv-contrata-ex-cqc-e-vai-investir-em-ao-vivo.shtml

Ver perfil do usuário

banzé

29 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 12/12/14, 09:52 am



Perda da Liga dos Campeões e saída de PVC, atrapalharam os planos da ESPN, diz Palomino

fonte: Esporte e Mídia



De acordo com o diretor da ESPN Brasil, João Palomino, a perda da Liga dos Campeões da Europa e a saída do comentarista Paulo Vinícius Coelho (PVC), atrapalharam os planos da emissora, mas não haverá cortes na emissora. “Tínhamos duas opções: sentar e chorar ou trabalhar duro. Escolhemos a segunda e vamos fazer investimentos no canal”, disse Palomino à Folha de S. Paulo, por Keila Jimenez.

A ESPN Brasil pretende comprar novos eventos esportivos e fazer contratações para o próximo ano.

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

30 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 12/12/14, 09:54 am



@ricardo83 escreveu:O ex-"CQC" Felipe Andreoli já tem nova casa na TV. Ele é o mais novo contratado do canal pago SporTV, que vai investir pesado em programação ao vivo no ano que vem.

Segundo fontes do canal esportivo, Andreoli, a princípio, será um dos integrantes da nova temporada de "Extraordinários", que vai perder o titã Paulo Miklos, devido a sua agenda lotada de shows.

O SporTV pretende também aumentar seu número de horas de programação com transmissões ao vivo, principalmente na faixa vespertina. O canal acredita que essa é uma das forças de quem transmite eventos esportivos e pode ser diferencial importante na TV paga.

Entre as novidades para 2015, está a reformulação do "Arena", que vai ganhar mais análises dos eventos esportivos da semana.

Haverá também um novo programa sobre os esportes pelo mundo, com a participação de todos os correspondentes internacionais do canal e a estreia de "Giro pelos Clubes", que mostrará o dia a dia dos clubes de futebol do país.

No time dos "ao vivo" do SporTV estarão ainda "SporTV News" edição da manhã, "Redação SporTV", "É Gol SporTV", " Tá Na Área", "Bem Amigos" e "SporTV News" da noite, além das transmissões de jogos e competições.
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrada/199643-sportv-contrata-ex-cqc-e-vai-investir-em-ao-vivo.shtml

Já vi este Andreoli na Band, no CQC, mas sou fã mesmo do pai dele, que trabalhou por anos como apresentador esportivo na Band nos anos 90.

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

31 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 12/12/14, 03:38 pm



'Cartola' de time dos EUA, Ronaldo pode voltar a jogar futebol pelo clube

A volta de Ronaldo aos gramados para divulgar o time do qual é sócio não é  descartada pelo staff do ex-jogador.

fonte: Estadão


Ronaldo tem 38 anos e não joga futebol profissionalmente desde 2011

Além de sócio-proprietário do Fort Lauderdale Strikers, Ronaldo poderá defender o clube na North American Soccer League (NASL), dos Estados Unidos, em 2015. Para ajudar a promover o seu novo negócio, não está descartada a possibilidade de o Fenômeno voltar a jogar. A informação foi confirmado à Agência Estado pela assessora do craque, Anna Alice Abud. Ronaldo tem 38 anos e se aposentou em 2011. Seu último clube foi o Corinthians.

O Fenômeno comprou parte do Fort Lauderdale Strikers junto com Marcus Buaiz, que já é seu sócio na 9ine, empresa que gerencia acordos comerciais de Neymar, Éverton Ribeiro, Anderson Silva e Junior Cigano, entre outros clientes. O anúncio foi feito na quinta-feira, mas não foram divulgados os valores do negócio nem a cota de participação do ex-jogador no clube, recém-adquirido pelos empresários brasileiros Paulo Cesso, Rafael Bertani e Ricardo Geromel (irmão de Geromel, zagueiro do Grêmio).

“Entramos no negócio como pessoa física e teremos cadeiras no Conselho de Administração porque acreditamos no crescimento do futebol nos Estados Unidos, principalmente da NASL. Já observávamos esse mercado há um certo tempo e vimos no Strikers uma boa oportunidade de investimento”, explicou Buaiz à Agência Estado.

A 9ine não é sócia do clube, mas vai atuar na captação de patrocínios tanto nos Estados Unidos como no Brasil. “A empresa será parceira do Fort Lauderdale Strikers e poderá atrair empresas para estampar a sua marca na camisa ou em ações secundárias”, disse Buaiz. Ronaldo está na Espanha e no início de janeiro vai para os Estados Unidos.

Lançada em 1968, a NASL teve campeonatos regulares até 1984. Nesse período, os torneios organizados pela liga tiveram grande popularidade nos Estados Unidos, principalmente após a chegada de Pelé ao New York Cosmos, em 1975. Após 27 anos de inatividade a NASL voltou em 2011 para disputar mercado com a Major League Soccer (MLS), criada em 1996 e que conta com os clubes mais fortes do país. É na MLS, por exemplo, que Kaká vai defender o Orlando City. A NASL recebeu esta semana o reforço do espanhol Raúl, que vai jogar pelo Cosmos

Com a entrada de Ronaldo no Fort Lauderdale Strikers, a NASL espera também atrair mais nomes de peso. “Ronaldo está atuando em todas as frentes. Em algumas áreas ele se empolga mais e em outras ele só dá o toque final, mas faz gol em todas áreas. Fazendo uma analogia com o futebol, ele joga nas 11 posições. Ele é muito antenado com o futuro e está um passo à frente”, disse Geromel à Agência Estado.


Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

ricardo83

32 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 14/12/14, 02:38 pm


Nível Básico 2
Nível Básico 2
Cada dia mais acredito que o futebol do EUA deva ser ainda longe do profissional, pois vejo "ex" jogadores indo aos montes para lá.

Ver perfil do usuário

banzé

33 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 15/12/14, 09:31 am



Parece que o próximo a ir, vai ser o Robinho que está atualmente no Santos. Surprised

O Milan quer vende-lo, e o Santos parece não ter caixa pra pagar o que o Milan quer. Rolling Eyes

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

34 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 15/12/14, 10:09 am



Milan copia projetos de Bayern e Juventus e projeta nova arena para 42 mil pessoas

Clube italiano espera até 2020 inaugurar estádio, que pode ganhar nome de patrocinadora Emirates.

Após a renovação do acordo de patrocínio com a Emirates, o Milan já traça planos para a construção de seu futuro estádio. A nova arena, cujos naming rights devem ser negociados para a companhia aérea dos Emirados Árabes, deve ser parcialmente financiado pelos patrocinadores do clube.



Barbara Berlusconi, que dirige plano para erguer nova arena

Se o projeto for autorizado, o estádio, com capacidade para 42 mil pessoas, começaria a ser construído em 2016 e deve estar pronto em 2020. Com isso, o clube deixaria de compartilhar seus mandos de campo com a arquirrival Inter de Milão no estádio Giuseppe Meazza, que pertence ao Estado. Conhecida como San Siro, a instalação esportiva tem capacidade para 80 mil torcedores, mas raramente lota por conta da crise econômica italiana.

Segundo o jornal Gazzetta dello Sport, a nova sede ficaria no bairro de Fiera, conhecido por sediar algumas das maiores feiras comerciais da Europa. O local fica ao lado da Casa Milan, a sede do clube.

O projeto foi elaborado pelo arquiteto Fabio Novembre, responsável também pela Casa Milan, e são inspirados no estádio Olímpico de Munique, ex-casa do Bayern, e no Juventus Stadium, do rival de Turim. Assim como a antiga sede do Bayern, a edificação teria um enorme espaço comercial abaixo do estádio. Da Juventus, o Milan copiou o desenho de colocar os torcedores bem próximos ao campo, com uma acústica que cria uma atmosfera íntima e intensa.

Os planos de construção do novo estádio estão sendo conduzidos por Barbara Berlusconi, 30, filha de Silvio Berlusconi, dono e presidente do Milan, dono de sete títulos da Liga dos Campeões, o último dos quais obtido em 2007. Na ocasião, o elenco foi comandado pelo técnico Carlo Ancelotti, hoje no Real Madrid.

O time, porém, vive um período de vacas magras, tendo sido campeão italiano pela última vez em 2011. A equipe jogou pela última vez a copa europeia na temporada passada, mas não conseguiu sequer passar da primeira fase.


Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/milan-copia-projetos-de-bayern-e-juventus-e-projeta-nova-arena-para-42-mil-pessoas_27579.html#ixzz3Ly3Z0tfN



Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

35 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 15/12/14, 10:14 am



SporTV pode transmitir jogos da NBA em breve, afirma dirigente esportivo

fonte: Esporte e Mídia



A NBA e a Liga Nacional de Basquete (LNB), que gere o campeonato NBB, anunciaram uma parceria capaz, em tese de oferecer vários frutos a ambos os parceiros. O Estadão informou que, sobre os direitos de transmissão da NBA no Brasil, Kouros Monadjemi, dirigente da LNB, levantou a possibilidade de o SporTV mostrar a competição no futuro.

"A NBA queria vir para o Brasil, queria a Globo. Mas a Globo avisou que, se abraçasse a NBA, mataria o NBB. E então a conversa ficou muito tempo sem sair do lugar, mas com muito interesse da NBA e do NBB. Até que finalmente houve um acordo para desvincular a parte comercial do NBB da Globo", disse Kouros Monadjemi, ex-presidente da LNB, hoje diretor de relações institucionais.

"A NBA olha para o Brasil, um país que tem 200 milhões de habitantes, e vê que é muito pequena.

A ESPN mostra, mas dá uma merrequinha de audiência. Então eles perceberam que tinham que criar uma atmosfera de basquete no Brasil. Eles querem a Globo. As conversas com o SporTV estão avançadas. Em breve, o SporTV pode vir a transmitir", afirma Kouros.

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

36 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 15/12/14, 10:18 am



Projeto de Lei propõe mudança na divisão de cotas da TV aos clubes de futebol

fonte: Mídia Esportiva

Tramita em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados um projeto de lei que revê a distribuição dos recursos repassados ao times de futebol pela transmissão de jogos na televisão.

De acordo com a Folha de S. Paulo, por Keila Jimenez: Pelo projeto de lei do deputado federal Raul Henry (PMDB-PE), 50% da receita serão divididos igualmente entre os times de futebol, 25% serão distribuídos de acordo com a classificação da equipe na última temporada do campeonato em questão e 25% serão repassados proporcionalmente à média do número de jogos transmitidos no ano anterior.

Desde 2012, os contratos entre clubes e emissoras de TV envolvendo transmissão de jogos como os do Campeonato Brasileiro são negociados livremente.

Os repasses da TV para os clubes dependem do desempenho e da fama dos times e do tamanho de suas torcidas, o que reflete em audiência nos jogos. Para o autor do projeto, o modelo atual beneficia times grandes, incentivando um ciclo vicioso.

Clubes como Corinthians, São Paulo, Flamengo e Palmeiras chegaram a ganhar cotas de mais de R$ 70 milhões cada, entre 2012 e 2015, com direitos de transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro.

Times menores, como Goiás, Coritiba, Vitória, e Bahia não bateram a casa dos R$ 35 milhões com direitos de transmissão.


Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

37 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 16/12/14, 02:24 pm



Premier League quer arrecadar até R$ 19 bilhões por direitos de TV

Campeonato Inglês abre venda para 3 temporadas, a partir de 2016, e programa jogos às sextas-feiras à noite.

A Premier League lançou concorrência pelos direitos de TV para as temporadas de 2016/2017 a 2018/2019 com a ambição de arrecadar mais verba do que os atuais R$ 12,6 bilhões. Segundo especialistas, o aumento da concorrência pode fazer com que os direitos de transmissão sejam negociados com um aumento de até 50% nesse valor, o que atingiria quase os R$ 19 bilhões.

Para esses campeonatos, a direção da liga disponibilizou a transmissão de 168 jogos (14 a mais do que o contrato atual), divididos em 5 pacotes de 28 partidas e 2 pacotes de 14 confrontos. O leilão dos direitos televisivos será em 2015, com os contratos sendo assinados em fevereiro.

Um dos pacotes disponíveis abre a possibilidade de transmissão de dez jogos ao vivo nas noites de sexta-feira. Um novo dia de transmissão pode agradar as grades de programação das emissoras, mas é provável que equipes top raramente joguem neste dia, pois estarão disputando as competições europeias, como a Liga dos Campeões e a Liga Europa durante a semana.

Atualmente, os detentores de direitos passam as partidas aos sábados (horário do almoço e à noite), domingo (à tarde) e segunda-feira (à noite). Nenhuma emissora está autorizada a comprar mais de 126 jogos, segundo edital publicado pela Premier League.

A proposta inclui um pacote separado para a TV aberta, o que deve gerar uma grande concorrência local entre a ITV, que perdeu os direitos da Liga dos Campeões a partir da próxima temporada, e a BBC. Atualmente, a maior parte dos jogos está em poder da Sky, que pagou R$ 9,6 bilhões por 116 jogos ao vivo por temporada no contrato de três anos assinado em 2012. Os restantes 38 jogos foram comprados pela BT, a um custo de R$ 3,082 bilhões.

Além delas, é esperada também a participação de Discovery, conglomerado norte-americano que agora é dono da Eurosport, e da al-Jazeera, do Qatar. Há também especulação de que companhias de tecnologia, como Apple e Google, entrariam na briga pelos direitos de transmissão pela internet.



Manchester United e Liverpool é uma dos jogos com maior audiência

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/premier-league-quer-arrecadar-ate-r-19-bilhoes-por-direitos-de-tv_27589.html#ixzz3M4wP55oH



Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

ricardo83

38 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 16/12/14, 04:07 pm


Nível Básico 2
Nível Básico 2
Bom, mais opções de jogos as sextas.

Ver perfil do usuário

banzé

39 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 17/12/14, 10:34 am



Só quero ver a briga pela Premier por aqui no Brasil, a Fox e Espn vão querer exclusividade, e o EI pode chegar para atrapalhar. Smile

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

40 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 17/12/14, 10:48 am



Esporte Interativo alcança 6,7 milhões de telespectadores com a Moto 1000 GP

fonte: Esporte e Mídia

Com as transmissões ao vivo dos eventos da Moto 1000 GP, iniciadas em junho deste ano, o Esporte Interativo superou, em menos de seis meses, a marca de 6,7 milhões de telespectadores alcançados, média superior a 1 milhão por evento. A informação é do Carros e Corrida.

A transmissão das etapas pelo Esporte Interativo compreende, nos dias de corridas, a íntegra ao vivo da prova da GP 1000, categoria principal do Moto 1000 GP, e de mais uma em sistema de revezamento entre GP Light, GP 600 e GPR 250 – as outras duas categorias são mostradas em VTs compactos. Há, ainda, reapresentações de cada etapa distribuídas ao longo da programação do canal nos dias seguintes à realização.

O alcance por transmissão do Moto 1000 GP superou a casa de 1 milhão de pessoas, sendo que a audiência por minuto chegou aos 90 mil indivíduos. “Em pouco menos de seis meses, a parceria com o Moto 1000 GP já começa a render resultados interessantes”, considera Gustavo Coelho, gerente de TV do canal.


Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

41 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 17/12/14, 11:05 am



Canais esportivos vão aumentar programação ao vivo em 2015; saiba os detalhes

fonte: Esporte e Mídia

Em 2015, os canais esportivos vão apostar em um expediente bastante utilizado este ano: programação ao vivo. De acordo com o NaTelinha, por Gabriel Vaquer, as emissoras estão com projetos encaminhados, mas ainda não se sabe se todos irão ao ar.

O SporTV, como se sabe, tirará do ar os programas 'Zona de Impacto' e 'Linha de Chegada', além de reformular o 'Arena SporTV' e criar o 'Giro dos Clubes', onde cada um dos 20 times da Série A do Brasileiro terá um setorista informando sobre as principais novidades do mesmo. E ainda, o 'Seleção SporTV', que era fixo durante a Copa do Mundo, será reintegrado à programação com novo formato, novo dia e horário.

O FOX Sports também deve ter novidades. A intenção é ampliar a duração dos programas 'O Melhor do Fox Sports' e 'Expediente Futebol', para que ambos fiquem o máximo de tempo ao vivo, trazendo informações imediatas. Além disso, dois programas estão em fase de estudos e devem ser lançados em breve. Um deles seria uma atração solo do recém-contratado Paulo Vinícius Coelho, egresso da ESPN.

Falando na ESPN Brasil, o canal, que começou a tendência de ficar o máximo de tempo ao vivo e conseguiu triplicar seus números de audiência com isso, quer aumentar ainda essa prática. Um novo programa pode ser lançado na faixa das 16h. Ainda é apenas uma ideia e não há qualquer outra informação sobre formato ou gênero.

O Esporte Interativo também quer um bolo na fatia da audiência de pessoas que procuram informações a todo momento. Para isso, em fevereiro serão lançados mais dois programas de debates ao vivo e um jornal diário. Ainda não se tem ideia de quem comandará as atrações ou data de estreia, mas o fato já foi confirmado para os funcionários pela direção de conteúdo.

Por fim, o BandSports, que tenta se virar sem ter muitos eventos de apelo, também lançará novidades. Um novo programa de manhã e outro jornal na faixa das 15h estão sendo estudados. O matinal, inclusive, deve ter interação entre contratados da Band aberta, como Patrícia Maldonado. Não existe previsão exata das estreias das novas atrações, mas ambas devem ocorrer até abril de 2015.


Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

42 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 18/12/14, 04:09 pm



Novo patrocínio do São Paulo pode ir parar na Justiça

Clube tem pré-contrato com a Puma, que aguarda definição sobre Under Armour para agir.

O novo fornecedor de material esportivo do São Paulo poderá ser definido pela Justiça.

E, no fim das contas, não seria Penalty nem Under Armour que iriam fabricar os uniformes do clube, mas a Puma.

Na última semana, o São Paulo deixou encaminhado um contrato com a Under Armour. A marca entraria no lugar da Penalty, atual fornecedora, a partir do Brasileirão, em maio.

Apenas alguns detalhes separam o clube e a Under Armour de um anúncio oficial. E um desses “detalhes” pode ser responsável por levar o caso à Justiça.

Em setembro, o São Paulo havia negociado com a Puma e assinou um termo de compromisso de fechar com a fabricante alemã a partir de 2015.

À época, a empresa negociava havia um ano para substituir a Penalty. Chegou-se até a definir que a Puma pagaria a multa rescisória para que o contrato passasse a vigorar já em janeiro.

O negócio esfriou, mas o pré-contrato continua vigente, segundo apurou a Máquina do Esporte com fontes ligadas ao negócio. O contrato é assinado por Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, e Fabio Espejo, CEO da Puma.

Esse documento pode ser usado pela fabricante para acionar a Justiça e fazer valer o direito de vestir o São Paulo em 2015. Para isso, porém, a Puma precisa esperar que o acerto do clube com a Under Armour seja oficializado.

Carlos Miguel Aidar, de cinza, usa camisa da Under Armour em jogo do São Paulo
São Paulo e Puma não foram localizados pela reportagem para comentar sobre o assunto. Na tarde de quarta-feira, Aidar, em entrevista coletiva, admitiu que havia tido bastante conversas com a Puma, mas que "as condições comerciais não foram as melhores". O acordo teria sido intermediado pela namorada do dirigente, que receberia 20% de comissão pelo contrato.

A Under Armour negou que já tenha assinado com o clube, mas admite que negociou com a diretoria são-paulina.

Se a esfera jurídica for acionada, será a segunda vez que um patrocínio do São Paulo terá de ser definido pela Justiça. Em janeiro de 2003, o clube fechou com a Siemens e rompeu com a LG, que retomou o acordo na Justiça fazendo valer uma cláusula de preferência de renovação de contrato. A parceria com a empresa de eletrônicos coreana seguiu até 2008, quando o clube não renovou o patrocínio.



Carlos Miguel Aidar, de cinza, usa camisa da Under Armour em jogo do São Paulo

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/novo-patrocinio-do-sao-paulo-pode-ir-parar-na-justica_27598.html#ixzz3MH4Orlzv



Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

43 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 18/12/14, 04:15 pm



Nike lança bola para Brasileirão e Copa do Brasil de 2015


Segundo empresa, Nike Ordem 2 CBF é o modelo mas avançado da marca na parte tecnológica e na aerodinâmica.

Parceira da seleção brasileira desde 1996, a Nike revelou a bola oficial para o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil de 2015. Segundo a empresa, é o modelo mais avançado na parte tecnológica e na aerodinâmica já produzido pela multinacional.

A Nike Ordem 2 CBF possui três características: alta sensibilidade, maior aderência e modelo gráfico que facilita a visão periférica dos atletas. A bola conta com 12 painéis soldados por fusão num sistema de revestimento com três camadas, uma mistura de poliéster e câmara de látex de carbono, que flutua livremente, oferecendo sensação altamente sensível.

Com ranhuras Nike Aerowtrac, a mais recente inovação patenteada pela marca, a bola conta com maior canalização do ar, ou seja, faz com que a trajetória tenha mais consistência de voo, garantindo estabilidade de precisão.

A superfície da bola possui tecnologia Nike RaDaR (Resposta de Decisão Rápida). O modelo gráfico cria efeito cintilante enquanto a bola gira, o que permite reações de tomadas de decisões mais rápidas por parte dos atletas.

Com relação à superfície da bola, ela possui a tecnologia Nike RaDaR (Resposta e Decisão Rápida): um modelo gráfico, único para cada Liga, que cria um efeito cintilante enquanto a bola gira, facilitando a visão periférica dos jogadores e permitindo reações e tomadas de decisões mais rápidas.



A nova bola da Nike para o Brasileirão-2015

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/nike-lanca-bola-para-brasileirao-e-copa-do-brasil-de-2015_27596.html#ixzz3MH5si6rx

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

44 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 19/12/14, 10:59 am



Após confirmar Penalty, Cruzeiro se aproxima de novo patrocinador

Cemil, do ramo de laticínios, deverá ser exposta no ombro do uniforme do clube.

O Cruzeiro deve apresentar um novo patrocínio nos próximos dias. O clube mineiro está próximo de fechar um acordo de dois anos com a Cemil, empresa mineira de laticínios. A nova marca deverá ficar exposta no ombro do uniforme do clube. As duas partes ainda estão avaliando detalhes do contrato, mas a negociação está bastante adiantada.

Em 2014, o espaço dos ombros foi ocupado pela Guaranamix, que deixará o uniforme do clube. No entanto, a empresa de bebida não deixará de ser patrocinadora do clube, apenas terá um contrato reduzido, sem marca na camisa.

Dessa maneira, o atual campeão brasileiro começa a resolver algumas pendências de patrocínio para 2015. A principal delas, no entanto, ainda não tem solução próxima. No fim deste ano, o banco BMG encerrou o patrocínio máster ao Cruzeiro, que ainda busca um substituto.

Assim como tem sido regra no futebol brasileiro, uma das empresas buscadas foi a Caixa, mas a negociação ainda não teve continuidade. A empresa estatal é, atualmente, a maior investidora do futebol nacional.

Outra questão que precisava ser resolvida era a fornecedora de material esportivo. Com a saída da Olympikus, o Cruzeiro confirmou nesta quinta-feira a assinatura de contrato com a Penalty, que cederá uniformes ao clube pelos próximos três anos.

O clube deverá estrear o novo uniforme, com suas novas marcas, antes mesmo da temporada regular. O time deverá entrar em campo com a camisa da Penalty logo na Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro.




Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/apos-confirmar-penalty-cruzeiro-se-aproxima-de-novo-patrocinador_27599.html#ixzz3MLeB03lX



Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

45 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 19/12/14, 11:03 am



SporTV passa a transmitir jogos da NBA, diz site

fonte: Esporte e Mídia

Os fãs da NBA no Brasil terão mais uma opção para assistir aos jogos da liga americana de basquete. De acordo com o Lancenet!, por Francisco Loureiro, o SporTV obteve os direitos de transmissão no mercado brasileiro.

A transmissão dos jogos do basquete americano pelo SporTV se encaixa no acordo de co-gestão assinado na semana passada entre a NBA e a Liga Nacional de Basquete (LNB) voltado para a realização do NBB. A Globo Esporte, braço esportivo das Organizações Globo e detentora do canal esportivo, é parceira da LNB desde a sua criação, em 2008. Turner, ESPN e Sports Plus são as outras redes que detém os direitos de transmissão da NBA no Brasil.

Apesar do escritório da NBA no país negar que o SporTV tenha obtido os direitos, o diretor da liga americana no Brasil, Arnon de Mello, afirmou no evento de lançamento da parceria com a LNB que já considera a SporTV parceira da NBA, visto os altos índices de audiência das partidas da NBA no Brasil e do Flamengo nos EUA.

Procurada, a assessoria do canal não informou sobre o início das transmissões e os dias da semana em que o canal irá passar os jogos.


Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

46 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 19/12/14, 11:10 am



'O mercado não sabe exatamente o que vai ser', diz Palomino sobre Liga dos Campeões no EI

fonte: Esporte e Mídia

O vice-presidente de jornalismo e produção da ESPN Brasil, João Palomino, concedeu entrevista ao Portal Imprensa, por Vanessa Gonçalves, na qual destacou diversos assuntos, como a perda da Liga dos Campeões da Europa e a saída de Paulo Vinicius Coelho (PVC). Acompanhe abaixo uma síntese de suas declarações.

CAMPEONATO ALEMÃO
Foi perdido em razão da compra do Fox Sports ter sido mundial e que não adiantaria qualquer contraproposta aqui do Brasil

LIGA DOS CAMPEÕES DA EUROPA
Houve uma disputa milionária e bastante acirrada, apesar dos esforços conjuntos de ESPN e SporTV. Palomino diz que o mercado ainda não sabe se a aquisição do campeonato renderá à empresa que negocia os direitos de transmissão o resultado almejado, até porque o Esporte Interativo não faz parte da grade das principais operadoras do país — NET e SKY. “Temos uma tradição de transmissão da Champions, temos uma proximidade com a Team, que negocia os direitos. Então, a maior oferta, que para mim não foi a melhor, levou a Champions, mas o mercado não sabe exatamente o que vai ser”, comenta.

PVC
Deixou a emissora por vontade própria por ter o desejo de cobrir uma Taça Libertadores da América pela primeira vez na carreira. Todos os esforços da direção foram feitos para mantê-lo.

DECISÕES
Tomar as decisões consideradas necessárias e importantes para a ESPN não ficar para trás no mercado esportivo, sendo decisões acertadas no tocante ao crescimento da audiência.

FERNANDO CALAZANS E MÁRCIO GUEDES
Propôs que eles fizessem o ‘Linha de Passe’ uma semana cada um no estúdio em São Paulo sem mexer em suas remunerações, mas eles não quiseram viajar pois preferiam continuar do Rio de Janeiro.

HISTÓRIAS DO ESPORTE
Tem tido mais espaço com as reportagens exibidas na grade normal de segunda a sexta do que com um programa semanal com quatro matérias em sequencia.

MAURO BETING
Confirmou a proposta, mas ele não aceitou por ter um longo compromisso com o FOX Sports.

NOVOS PVC’S
Aposta no potencial de Leonardo Bertozzi e Gustavo Hofman como ‘PVCs de amanhã’.

CONTRATAÇÕES E EVENTOS
Contratações serão feitas para dar conta de programas e eventos e novas competições serão buscadas.




Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

banzé

47 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 22/12/14, 10:12 am



Jogos da Liga dos Campeões vão passar no Space

fonte: Esporte e Mídia

Sócia do Esporte Interativo, a Turner não admite oficialmente sua presença nas negociações para a entrada do canal na NET e na SKY. Porém, segundo o Estadão, por Cristina Padiglione, admite que os jogos da Liga dos Campeões da Europa terão espaço no Space.

O impasse em torno da entrada do EI nas maiores operadoras, inevitavelmente, atrapalha a comercialização da Liga na emissora, que ainda não pode confirmar aos anunciantes se seu alcance será maior quando o evento estiver no ar.

Contudo, mesmo sem NET e SKY, o Esporte Interativo fecha 2014 com crescimento de 42% em audiência e de 24,5% no faturamento, índices superiores à média da TV paga de modo geral.


Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

ricardo83

48 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 22/12/14, 10:20 am


Nível Básico 2
Nível Básico 2
Será que vão usar também o TNT?

Ver perfil do usuário

banzé

49 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 22/12/14, 10:24 am



Não usando o Cartoon, por mim ta bom. Smile

Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

ricardo83

50 Re: Esportes, Marketing e Negócios em 22/12/14, 12:48 pm


Nível Básico 2
Nível Básico 2
Laughing Laughing

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 14]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 8 ... 14  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum