Usuário

Convidado
Mensagens: 0

Últimos assuntos
» DC Comics - Planeta Diário
Hoje à(s) 02:16 pm por Diego

» Esportes, Marketing e Negócios
Hoje à(s) 10:58 am por ricardo83

» Futebol pelo Brasil
Hoje à(s) 08:47 am por banzé

» Galeria de Arte: Ficção & Fantasia
Hoje à(s) 08:16 am por banzé

» Galeria de Arte (6): Marvel e DC
Hoje à(s) 08:14 am por banzé

» Agenda Esportiva
Hoje à(s) 08:05 am por banzé

» Futebol Europeu: Temporada 2017/2018
Ontem à(s) 09:28 am por banzé

» T.O: Camisas de Futebol
Ontem à(s) 09:23 am por banzé

» Marvel Comics - Clarim Diário
22/11/17, 11:41 am por Diego

» Galeria de Arte: Heróis Bonelli
21/11/17, 03:13 pm por banzé

Parceiros

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Quadrinhos » Sala da Justiça (Quadrinhos em Geral) » 

O Diário de Steve Rogers

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 8]

darkmarcos

101 Re: O Diário de Steve Rogers em 30/10/15, 07:42 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 86

- Tales of Suspense 95 (Novembro de 1967)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América nº 20, pela Editora Ebal ("Hora de Morrer, Hora de Viver")


História:

* "A Time To Die... A Time To Live" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Joe Sinnott

Capitão América enfrenta uma gangue de criminosos e considera aquela sua última missão. Mas que tipo de ameaça estaria enfrentando para tomar tão drástica decisão?

Isso é esclarecido mostrando fatos recentes anteriores, onde o herói finalmente se encontra com a misteriosa agente da SHIELD que lhe trouxe lembranças de um amor do passado. O Capitão revela sua identidade sob a máscara, como o civil Steve Rogers, e a agente... bem... por enquanto o que sabe dela é que se chama Agente 13.

Após um encontro, Steve Rogers não titubeia em revelar seus sentimentos pela agente, que também demonstra estar correspondendo. Porém, a responsabilidade dela para com a agência de contra-espionagem a impede de manter, pelo menos por enquanto, qualquer tipo de relacionamento, ainda mais com um operativo como o Capitão América.

Entristecido por motivos que o vem assombrando ultimamente (a lembrança da morte de seu parceiro Bucky, a difícil adaptação a um mundo décadas a frente da sua, a lembrança de um amor perdido e a esperança de recuperá-lo junto a Agente 13) faz com que o herói sinta o peso de sua missão ser demais para ele. Dessa forma, decide publicamente encerrar sua carreira como o lendário Capitão América.

Porém... continua...

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

102 Re: O Diário de Steve Rogers em 31/10/15, 11:57 am

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 87

- Tales of Suspense 96 (Dezembro de 1967)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América nº 21, pela Editora Ebal ("Renascer")


História:

* "To Be Reborn" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Joe Sinnott

A aposentadoria forçada do Capitão América causou uma inesperada "Capitãomania" que está criando o caos entre a população. Vários cidadãos, por motivos diversos, estão saindo as ruas vestidos de Capitão América. Seja por motivos publicitários, por exibição pessoal ou mesmo por querer ser um novo combatente contra o mundo do crime.

Por falar em mundo do crime, a invasão de novos "capitães américa" faz com que os mais variados criminosos iniciem uma verdadeira guerra de extermínio a qualquer um que esteja vestindo o uniforme do herói (e não são poucos). Como se isso já não fosse motivo suficiente para a confusão, o fato do herói ter revelado sua verdadeira face e identidade publicamente ao se "aposentar" faz com que os mesmos criminosos ataquem, inclusive, quem se pareça com Steve Rogers.

Em meio ao caos generalizado que acabou indiretamente causando, e ao pedido de Nick Fury para que reconsiderasse, o Capitão América decide voltar a ativa.



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

103 Re: O Diário de Steve Rogers em 31/10/15, 10:02 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2
O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 88


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


- Tales of Suspense 97 (Janeiro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América nº 19, pela Editora Ebal ("E Assim Começa")




História:



* "And So It Begins" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Joe Sinnott



Entre dúvidas e incertezas, o Capitão América volta a ativa, combatendo o crime. Os bandidos da cidade, ainda no ritmo assassino graças a "capitãomania", continuam perseguindo o herói. É quando ele recebe um chamado de fora da cidade, mais especificamente da nação africana de Wakanda, onde o super-herói local, o Pantera Negra, solicita auxílio contra uma invasão que parece ter ligação com o herói americano.



Continua...

Ver perfil do usuário

darkmarcos

104 Re: O Diário de Steve Rogers em 01/11/15, 06:27 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 89

- Tales of Suspense 99 (Fevereiro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América nº 19, pela Editora Ebal ("As Garras do Pantera")


História:

* "The Claws of the Panther" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Joe Sinnott

Ao chegar em Wakanda, transportado por uma nave enviada pelo herói local, o Pantera Negra (que solicitou sua ajuda contra uma invasão a seu reino), o Capitão América é atingido por um raio que derruba seu transporte. Seguindo a tradição de que heróis, em seus primeiros encontros sempre se "estranham, Capitão América ataca o Pantera Negra, pensando que este foi responsável pelo ataque e ele se encontra em uma armadilha. Mas o mal entendido logo é resolvido e os heróis se embrenham na selva para combater os invasores.

Estranhamente, os invasores possuem um vasto arsenal tecnológico, capaz até mesmo de derrotar os dois atléticos heróis. E, para surpresa do Capitão, como o Pantera havia informado que havia uma ligação entre os vilões e ele, o líder dessa invasão é um inimigo que acreditava estar morto... o Barão Zemo!

Continua...



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

banzé

105 Re: O Diário de Steve Rogers em 03/11/15, 03:10 pm

avatar

1968 ??? Shocked

Ei Dark, não me leve a mal, mas se for pegar toda cronologia do Capitão, você vai demorar pelo menos mais 10 anos de pesquisas, nem falo do Diário do Robin, deve demorar um pouco mais. Smile

Você pretende dar uma pausa nos próximos meses, e retornando depois, e talvez criando ou retornando outros diários, ou pretende continuar com esses diários para os próximos anos ??? Sem entender 2

Abração Wink


_________________
fórum KDABRA: Very Happy
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

darkmarcos

106 Re: O Diário de Steve Rogers em 04/11/15, 01:58 am

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:1968 ??? Shocked

Ei Dark, não me leve a mal, mas se for pegar toda cronologia do Capitão, você vai demorar pelo menos mais 10 anos de pesquisas, nem falo do Diário do Robin, deve demorar um pouco mais. Smile

Você pretende dar uma pausa nos próximos meses, e retornando depois, e talvez criando ou retornando outros diários, ou pretende continuar com esses diários para os próximos anos ??? Sem entender 2

Abração Wink

Na verdade, quando comecei a fazer os Diários, seguia essa prática de dar um tempo e ir alternando os personagens. Mas a maioria não curtiu, pois preferiam acompanhar a continuidade, quase como se fosse uma novelinha.

Tenho planos mais ambiciosos quanto aos Diários e estou esquematizando aqui. Depois do Robin, teremos muitos mais temas, porém, como se fosse um resumo dos momentos cruciais de personagens... e autores.

E, para impulsionar cada vez mais esse trabalho (sim, vem muito material por aí), criei a loja virtual Sala de Perigo, no qual vou batalhar uma certa independência para ter mais tempo (integral mesmo) para dedicar aos artigos e... acredite... futuras publicações com esse material.

Visite a loja. Dê uma força. Divulgue entre seus contatos. Usem e abusem desse espaço. Mais que uma loja, será um suporte a colecionadores (novos ou não). Sala de perigo fica no endereço: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

E curtam também a página no Face: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ver perfil do usuário

banzé

107 Re: O Diário de Steve Rogers em 05/11/15, 04:30 pm

avatar

Pode deixar, vou prestigiar, abraços. Wink


_________________
fórum KDABRA: Very Happy
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário http://fumetteiros.omeuforum.net

darkmarcos

108 Re: O Diário de Steve Rogers em 07/11/15, 08:47 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 90

- Tales of Suspense 99 (Março de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América nº 20, pela Editora Ebal ("O Homem Que Viveu Duas Vezes")


História:

* "The Man Who Lived Twice" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

Presos pelas tropas do Barão Zemo, Capitão América e Pantera Negra ficam a par do maquiavélico plano do vilão. Com um poderoso satélite que concentra energia solar em rajadas destruidoras, Zemo pretende destruir todo arsenal nuclear americano. Os heróis ainda tentam uma última investida contra os inimigos, mas os homens de Zemo estão em maior quantidade (além de contarem com um arsenal fantástico) e os dois heróis são derrotados e desacordados.

Para finalizar seu plano, Zemo conta com uma espiã que está retornando com a localização das bases americanas. O que Zemo não sabe é que sua espiã foi detida e, em seu lugar, a Agente 13 assumiu este posto. No entanto, para a surpresa e horror da Agente 13, Zemo pede que ela mesma execute os dois heróis.

Continua...

A+:

* O artefinalista Syd Shores ficou famoso ao trabalhar justamente com o Capitão América na década de 40, nas primeiras aventuras do personagem. Aqui ele volta a finalizar a arte de Jack Kirby, bem diferente daquela época, e dando um tom especial aos desenhos.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

109 Re: O Diário de Steve Rogers em 12/12/15, 05:35 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 91

- Captain America 100 (Abril de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 16, pela Editora Bloch ("A Volta do Capitão América")


História:

* "This Monster Unmasked" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

A Agente 13, disfarçada de espiã do vilão Barão Zemo, é obrigada a atirar no Capitão América e Pantera Negra, para provar sua lealdade. No entanto, ela consegue ludibriar o vilão errando o tiro e frisando que o mais importante é utilizar um poderoso raio solar contra o arsenal americano, motivo pelo qual ela trouxe informações sigilosas a seu líder.

Ao receber as informações da suposta vilã, Zemo ainda acaba entregando que o painel a sua frente é importante para o controle do Raio Solar. A Agente 13 aproveita para, de dentro de sua maleta, disparar contra o painel, destruindo o controle do armamento de Zemo.

Capitão América e Pantera Negra conseguem escapar e ajudar a Agente 13 em uma fuga pela base de Zemo. No caminho, encontram um experimento humanóide conhecido como Destruição que, apesar de poderoso, é derrotado pelo trio.

As tropas de Zemo alcançam os heróis, mas o vilão é desmascarado como sendo um impostor. Trata-se de um dos pilotos do verdadeiro Barão Zemo, que jurou vingança depois da morte de seu líder. As tropas sentem-se enganadas e se voltam contra o piloto. No entanto, os criminosos se entregam ao saber que o exército de Wakanda, líderado pelo Pantera Negra, seu rei, os está cercando.

Na volta para casa, Capitão América oferece seu posto nos Vingadores para o Pantera Negra, uma vez que o novo amigo se mostrou habilidoso e benevolente o bastante para participar do grupo.



A+:

* Chega de ser dependente dos outros! Além da saída do Capitão América dos Vingadores (apesar de ainda ser um membro reserva), para poder se dedicar a sua própria vida, a nova fase do herói também se reflete editorialmente, quando o personagem ganha sua própria revista mensal.

Na verdade, a revista Tales of Suspense, onde as aventuras do Capitão América dividiam espaço com outro herói, o Homem de Ferro, passa a se chamar Captain America a partir do nº 100. Isso é reflexo do sucesso do desenhista Jack Kirby frente a arte do Capitão América no título.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

110 Re: O Diário de Steve Rogers em 13/12/15, 12:32 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 92

- Captain America 101 (Maio de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 22, pela Editora Ebal ("Quando Acorda o Adormecido")

História:

* "When Wakes the Sleeper" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores


Nick Fury impede que o Capitão América capture um ex-nazista, para a surpresa do herói. Mas tudo é explicado quando Fury revela que o criminoso de guerra está "grampeado" e que a SHIELD espera que ele os leve a uma operação maior, como desconfiam. Para tanto, designa o próprio Capitão América a persegui-lo.

Com um jato especial, o herói o segue até o que parece ser uma ilha isolada. Seu jato é atacado assim que é detectado e surgem mais agentes que o capturam e levam até seu líder, que é ninguém menos que... o Caveira Vermelha. O Capitão América parece mais surpreso por seu lendário inimigo ser o líder do que por ter voltado da morte. De fato, da última vez que o vilão foi visto ele estava em um submarino nuclear que explodiu com ele a bordo. A explicação é que um submarino como aquele deveria ter uma cápsula de fuga contra radiação. Valendo-se disso, o vilão conseguiu sobreviver.

O Caveira Vermelha está empenhado em libertar o quarto Hibernante. Quando o vilão estava desaparecido, três de seus robôs hibernantes haviam dado muito trabalho ao Capitão América, mas o quarto parece ser o mais letal de todos. O robô é capaz de se incandescer e se transformar em uma espécie de vulcão artificial, que atinge várias localidades.

Diante da fúria do quarto hibernante, Caveira Vermelha e Capitão América ironicamente vão se proteger na mesma câmara especial, criada pelo vilão. Mas a fúria do mar, provocada pelas explosões vindas do hibernante, acabam destruindo a câmara... e só o Capitão ressurge com a chave de cristal capaz de deter a criatura.

Continua...



A+:

* Quando publicado pela editora Ebal, no Brasil, o robô Hibernande foi chamado de O Adormecido.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ver perfil do usuário

darkmarcos

111 Re: O Diário de Steve Rogers em 13/12/15, 05:37 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 93

- Captain America 102 (Junho de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 23, pela Editora Ebal ("O Adormecido Ataca")


História:

* "The Sleeper Strikes" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

Capitão América escapou com vida da batalha contra o Caveira Vermelha e ainda conseguiu capturar a chave de cristal que controla o quarto hibernante. O problema é que ninguém sabe como o estranho objeto opera e a criatura continua sua onda de destruição.

Entre as muitas capacidades do quarto hibernante, está a de controlar as próprias moléculas, tornando-se intangível. Desta forma, o enorme robô pode se locomover pelo solo, atravessando terra e rocha como se fosse um fantasma, posicionando-se em pontos chaves para atacar através de suas rajadas de calor, sendo capaz de causar erupções de lava por onde passa.

Para ajudar o Capitão a enfrentar tal criatura, a Agente 13 descobre que o herói está vivo, ao contrário do que Nick Fury lhe informou (para que ela não interrompesse a missão). Juntos, o casal encontra o quarto hibernante e tenta descobrir como a chave de cristal funciona... sem muito sucesso.

Ao ver que seu amado corre perigo, de alguma forma a Agente 13 transfere seu temor para o hibernante. Acontece que a chave de cristal é um dispositivo que transmite o sentimento do seu portador ao robô. De fato, o ódio que o Caveira Vermelha cultiva pela humanidade, movia o monstro para a destruição. Porém, o desespero da Agente 13 faz com que o hibernante entre em colapso e seu poder de controlar as próprias moléculas se viram contra ele... dissipando-o diante dela e do Capitão.

Longe dali, no entanto, o Caveira Vermelha ainda murmura um pequeno trunfo. Apesar de ter perdido seu hibernante, agora ele tomou conhecimento de um importante ponto fraco de seu inimigo: o amor que tem pela mulher conhecida como Agente 13.

Continua...



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

112 Re: O Diário de Steve Rogers em 14/12/15, 09:41 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 94

- Captain America 103 (Julho de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 24, pela Editora Ebal ("O Mais Fraco Vínculo")


História:

* "The Weakest Link" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

Steve Rogers está em um jantar com a Agente 13 que, finalmente, revela seu nome: Sharon Carter. Mas a calmaria do encontro do casal é interrompida por homens armados que desacordam Steve com uma arma de gás e sequestram Sharon, a mando do Caveira Vermelha.

O Capitão América segue para o mar onde se localiza a ilha do vilão. Lá, é recepcionado pelos capangas e pelo próprio Caveira que, no momento que o herói é dominado, acopla em sua nuca um dispositivo nuclear que poderá ser detonado a distância. O Capitão América, desacordado, não tem ciência de tal dispositivo.

No cativeiro, o herói encontra a agente Sharon Carter. Esta, utilizando um arsenal tecnológico acoplado em suas unhas (graças aos inventos da agência SHIELD), consegue garantir a fuga de ambos. Antes de subirem em uma nave, o Capitão América combate o Caveira Vermelha, que perde propositalmente a luta para que seu inimigo pense estar fugindo. O que o Capitão ainda não sabe é que corre perigo de vida graças ao detonador nas mãos do Caveira.

Continua...



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

113 Re: O Diário de Steve Rogers em 16/12/15, 05:04 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 95

- Captain America 104 (Agosto de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 25, pela Editora Ebal ("Escravo do Caveira")


História:

* "Slave of the Skull" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Dan Adkins

Após um treinamento na base da SHIELD, Capitão América é acometido por fortes dores de cabeça. A origem dessa dor se deve ao dispositivo colocado em sua nuca pelo Caveira Vermelha. Esse dispositivo, além da dor lancinante, também é capaz de estabelecer contato com o vilão, que esclarece sobre essa invenção. Caso o herói a retire de sua nuca, uma bomba nuclear explodirá no centro da cidade. Dessa forma, o Capitão América é obrigado a obecer as ordens do Caveira Vermelha.

O vilão o obriga a voltar a sua ilha e enfrentar seus poderosos Exilados, nazistas que lutam ao lado do Caveira Vermelha e quase são páreo para o Capitão. O herói, no entanto consegue derrotá-los um a um. Quando tudo parece estar perdido, o Caveira tenta causar dor ao Capitão através de seu dispositivo... sem sucesso! A bomba já fora desarmada pela SHIELD e o dispositivo não mais é útil.

A própria SHIELD invade a ilha do Caveira Vermelha, fazendo com que o vilão e seus Exilados fujam em um submarino. A agente Sharon Carter retira o dispositivo da nuca do Capitão e, junto aos soldados, comemoram a vitória contra o vilão.



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

114 Re: O Diário de Steve Rogers em 17/12/15, 11:34 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 96

- Captain America 105 (Setembro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 26, pela Editora Ebal ("Em Nome de Batroc")


História:

* "In The Name of Batroc" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Dan Adkins

O peso da responsabilidade se abate sobre o Capitão América. Ele até entendeu que seu papel como super-herói é importante na sociedade em que vive. Mas o homem por trás da máscara se preocupa com as pessoas mais próximas a ele... que podem sofrer trágicas consequências simplesmente por conhecê-lo. A exemplo de Bucky, seu parceiro na Segunda Guerra que acabou perdendo a vida, a agente Sharon Carter, a mulher que ama, pode também vir a correr perigo. Para tentar espantar um pouco desses pensamentos sombrios, o herói procura uma missão para se ocupar.

Fica incumbido de proteger uma espécie de bomba de choque. O dispositivo mostra-se ativo quando dispara três ondas de choque, fazendo tremer as paredes a sua volta. Após o terceiro estrondo, é capaz de destruir uma cidade inteira.

Batroc, seu antigo inimigo capaz de saltar e lutar com suas poderosas pernas, ambiciona roubar a arma. Para isso, convoca outros dois vilões: Espadachim, outrora um infiltrado nos Vingadores, com habilidade no manejo de sua espada cheia de recursos, e o Laser Vivo, que é capaz de disparar rajadas com seu equipamento/uniforme especial.

Capitão América enfrenta os três vilões e sai vitorioso a cada enfrentamento. O problema é que, no meio da luta, sente os tremores causados pela bomba. Quando o terceiro tremor anuncia a destruição iminente, Batroc, o único do trio de vilões que restou, foge para salvar-se. Capitão América consegue encontrar a bomba e desarmá-la no último minuto.

A tensão causada por esse incidente, mostra que sua responsabilidade pela vida de milhões de pessoas pode estar a apenas alguns instantes de distância. E isso não o faz se sentir melhor do que antes.



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

115 Re: O Diário de Steve Rogers em 18/12/15, 08:48 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 97

- Avengers 56 (Setembro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 42, pela Editora Abril ("Volta ao Passado")


História:

* "Death Be Not Proud" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por John Buscema, artefinalizada por George Klein

Capitão América convoca os Vingadores (então formados por Gavião Arqueiro, Vespa, Golias e Pantera Negra) para explorarem um misterioso castelo abandonado na Europa. O local pertencia ao Doutor Destino e o Capitão se interessou por uma história contada por Reed Richards, também conhecido como Senhor Fantástico, líder do Quarteto Fantástico e principal inimigo do vilão. Reed lhe falou sobre uma plataforma que servia de máquina do tempo e que estaria abandonada no local. A idéia do Capitão é voltar ao tempo, mais especificamente para a época em que seu parceiro, Bucky, morreu.

Deixando a Vespa de vigia no controles, os demais Vingadores voltam ao passado, onde o vilão Barão zemo ataca uma base americana, mas tem que enfrentar Capitão América e Bucky. O vilão se vale de um enorme robô, que chama de Metalon, conseguindo derrotar e prender a dupla em um enorme foguete. Os Vingadores não podem interferir pois estão nessa época apenas como vultos do futuro.

Porém, a Vespa acaba tocando em um botão errado na máquina e os Vingadores começam a ficar tangíveis no passado. Com essa oportunidade, o Capitão América "do futuro" e os Vingadores atacam Zemo e Metalon e ainda contam com soldados americanos que chegam ao local (na verdade, como nunca foram vistos, os heróis tem que explicar o que significa todo aquele tumulto na base).

A Vespa corrige seu descuido e começa a trazer os heróis de volta. Eles ficam, novamente, intangíveis. Antes de se tornar novamente um mero vulto, Capitão América atira seu escudo e liberta seu "eu" passado, assim como Bucky. Para seu horror, no entanto, uma cena se repete. Zemo dispara o foguete e a dupla se agarra a ele para impedir. Capitão América salta, mas Bucky permanece no míssil para desarmá-lo. O míssíl é destruído, mas a explosão mata Bucky e atira o Capitão nas águas geladas, onde seria encontrado apenas no futuro... pelos Vingadores.

Desolado, o Capitão América volta ao presente, agora ainda mais pesaroso e sem nenhuma esperança de encontrar Bucky vivo... uma vez que, ironicamente, foi testemunha da morte de seu parceiro.



A+:

* Vale notar que, para todos os efeitos, o Capitão América nunca soube claramente o que aconteceu com Bucky. Como foi atingido pela mesma explosão que o matou, ficou desacordado e nunca soube, de fato, se o amigo sobreviveu. Além do que... ELE sobreviveu décadas depois. Daí a esperança em encontrar Bucky vivo.

Mas, agora, o herói foi testemunha ocular da tragédia que vitimou seu parceiro.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

116 Re: O Diário de Steve Rogers em 19/12/15, 01:26 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 98

- Captain America 106 (Outubro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 1, pela Editora Abril ("Conspiração")


História:

* "Cap Goes Wild" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Frank Giacoia

Capitão América tenta impedir o roubo de uma caixa que contém uma misteriosa arma secreta. Os bandidos chamam a ação de Operação Réplica e, apesar de serem detidos pelo herói, a arma é levada por um imã gigante em uma nave pilotada por outros comparsas.

Um agente da SHIELD apresenta um vídeo para o Capitão que pode ter relação com a arma secreta (que revela ser um importante passo na criação de andróides). No vídeo, o herói é mostrado como um homem sanguinário, que não pensa duas vezes em eliminar seus inimigos. Obviamente trata-se de uma fraude e o Capitão América parte para o estúdio onde tal filme foi realizado.

Chegando ao estúdio, depara-se com uma réplica perfeita de si mesmo, porém mais forte e selvagem. Após uma destruidora batalha com sua cópia, a vê fugir fumegando como que em agonia. O agente da SHIELD, que o seguiu explica que a tecnologia roubada ainda não estava terminada e os experimentos/andróides se dissolviam após um tempo.

O produtor do filme responsável pela farsa, é morto pelos seus empregadores após o fracasso.



A+:

* Essa história marca o início das publicações dos heróis Marvel pela Editora Abril, em 1979, e assim permaneceria durante as próximas décadas, passando por um período no qual popularizou os quadrinhos de super-heróis no Brasil. Iniciou com a revista mensal do Capitão América, que dividia suas páginas com um história do Homem de Ferro, assim como era feita na revista americana Tales of Suspense, com o diferencial de que as histórias aqui contidas já republicavam as aventuras das respectivas revistas mensais dos heróis. Curiosamente, ambos sempre dividiram revistas no Brasil, mesmo antes da Abril, quando publicadas pela Ebal, por exemplo.

* Seria o Capitão América... canhoto? Muitas são as teorias quanto a esse detalhe, uma vez que em praticamente toda a arte em que o personagem aparece, empunha seu escudo com a mão esquerda. Provavelmente, não tenha sido algo intencional. Os desenhistas do personagem assim o faziam simplesmente por ser estético... não que o escudo estar do outro lado seja menos estético, mas... ele está ali.

A teoria é tão evidente que já foi questionado se Chris Evans, que interpretou o herói no cinema, também seria canhoto. Isso porque o ator empunhava o escudo também com a mão esquerda, mas assim o fazia simplesmente por estar dessa forma nos quadrinhos... o que já torna isso mais que um mero detalhe.

Na história onde enfrenta sua réplica, entre todos os golpes que leva, o Capitão América se preocupa quando seu braço esquerdo é imobilizado (consequentemente deixando inútil o seu escudo), reforçando ainda mais o mito de que o super-herói é canhoto.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

117 Re: O Diário de Steve Rogers em 19/12/15, 05:05 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 99

- Captain America 107 (Novembro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 28, pela Editora Ebal ("Se O Passado Não Morreu")


História:

* "If The Past Be Not Dead" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

Estressado com os últimos acontecimentos em sua agitada vida, o Capitão América começa a ter terríveis pesadelos. Preocupado com a própria sanidade, o herói se consulta com um novo amigo psiquiatra chamado Doutor Faustus.

Acontece que Faustus é um manipulador que receita medicamentos ao Capitão e estes lhe causam mais pesadelos. Para tornar as alucinações convincentes, o vilão ainda conta com uma equipe que o auxilia utilizando uma enorme quantidade de disfarces para convencer o Capitão que seu pesadelo pode ser real.

O golpe de misericórdia vem quando Faustus cria uma ilusão convencendo o Capitão América de que está ficando velho. Sentindo-se fraco, o herói é derrotado facilmente.

Mas, para surpresa de Faustus e seus homens, o herói mostra que estava fingindo e que pediu auxílio dos cientistas da SHIELD para estudar as pílulas que Faustus estava lhe dando. Criou ainda uma máscara de seu rosto envelhecido e enrugado, que ludibriou o vilão de uma vez por todas.

O psiquiatra ainda tenta revidar fisicamente, uma vez que é quase o dobro do tamanho do Capitão. Mas recebe um soco de misericórdia que o desacorda para ser preso pelos agentes da SHIELD.



A+:

* Apesar de não ser seu nome verdadeiro, Doutor Faustus já utilizou o nome de Edward Marlowe. O nome é uma homanagem a Christopher Marlowe, dramaturgo inglês, famoso por ter escrito a Trágica História do Doutor Faustus, que conta a história de um homem que vendeu sua alma ao diabo.

Curiosamente, as várias fontes de inspiração da obra de Marlowe levam a figura do suposto alquimista inglês Johann George Faust, que se dizia possuidor de poderes místicos e que estava envolvido com bruxaria. Muitas dessas histórias era do caráter manipulador de Johann, assim como é manipulador o caráter do Doutor Faustus.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

118 Re: O Diário de Steve Rogers em 19/12/15, 05:52 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 100

- Captain America 108 (Dezembro de 1968)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 29, pela Editora Ebal ("As Armadilhas do Caminhante")


História:

* "The Snares of the Trapster" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

A agente Sharon Carter foi sequestrada e um enfurecido Capitão América parte para seu resgate. O responsável pelo sequestro é o vilão conhecido como Ardiloso, criador de uma super-cola que é disparada por inúmeros instrumentos e armas criadas pelo mesmo.

No cativeiro, Ardiloso tenta fazer com que Sharon revele uma informação secreta e ameaça o próprio Capitão América para chantageá-la. Porém, o Capitão consegue escapar da inúmera armadilhas do vilão e o prende em sua própria cola. Para a surpresa do herói, a "Sharon" que está cativa não passa de um andróide da SHIELD, sendo que a verdadeira agente se revela e explica que sabotou a fórmula de cola do Ardiloso.

A intenção da missão secreta de Sharon era fazer com que o Ardiloso confessasse quem era seu empregador misterioso. No meio da batalha com o Capitão, Ardiloso diz que seu chefe é... o Caveira Vermelha. Ao que tudo aparenta, o velho inimigo do Capitão América conseguiu novamente escapar da morte.



A+:

* Apesar de ser um vilão clássico, Ardiloso é considerado um personagem de segundo (pra não dizer terceiro) escalão no Universo Marvel, sendo desrespeitado até mesmo pelos heróis. Já foi vergonhosamente lembrado de um de seus primeiros codinomes que, traduzido literalmente, significa Pedro Pote de Pasta. No Brasil, na época em que essa história foi publicada pela Editora Ebal, o personagem ainda ganharia o fabuloso nome de... Caminhante! E não. Não faço a menor idéia do porque.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

119 Re: O Diário de Steve Rogers em 20/12/15, 01:07 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 101

- Captain America 109 (Janeiro de 1969)
> Publicada no Brasil em Coleção Histórica Marvel nº 1, pela Editora Panini ("O Herói do Passado")


História:

* "The Hero That Was" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por Syd Shores

Em um bate papo com Nick Fury, Steve Rogers conta sobre sua origem como Capitão América. De sua adolescência como um franzino garoto (recusado pelo exército) até o experimento governamental que o tornou um supersoldado.

Trata-se de uma revisão em sua origem, sem muitas mudanças. Afinal, é desenhado pelo mesmo Jack Kirby que co-criou o personagem na década de 40. Inclusive é interessante comparar a diferenças de estilo do mesmo artista, que evoluiu durante as décadas. Como curiosidade, são mostradas algumas cenas inéditas da mesma história, como a infiltração nazista que causou a morte do cientista responsável pelo projeto que tornou Steve o Capitão América.



A+:

* Aqui é revelado que o nome do cientista que "criou" o Capitão é Josef Reinstein. Durante os anos seguintes, os autores criaríam a explição que esse era um codinome secreto e que seu verdadeiro nome era Abraham Erskine.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

120 Re: O Diário de Steve Rogers em 20/12/15, 08:44 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 102

- Avengers 60 (Janeiro de 1969)
> Publicada no Brasil na revista Heróis da TV nº 37, pela Editora Abril ("Até Que A Morte Nos Separe")


História:

* "...Till Death Do Us Part" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por John Buscema, artefinalizada por Mickey Demeo

O casamento de Vespa e... Jaqueta Amarela? Como assim Jaqueta Amarela?

Pois bem... foi com esse mesmo espanto que o Capitão América recebeu o convite de casamento de sua colega nos Vingadores. Depois de tantos anos namorando Hank Pym, a super-heroína Vespa decide trocá-lo pelo novato e misterioso Jaqueta Amarela. E o mais espantoso: o que se sabe é que o Jaqueta matou Hank Pym, fazendo-o reduzir de tamanho e ser devorado por um inseto. Ou seja, além de novato e arrogante... tratava-se de um assassino... e de um dos vingadores! Mesmo assim, Vespa defende com unhas e dentes (e ferrões?) a presença de seu noivo.

A cerimônia de casamento se dá na própria Mansão dos Vingadores, com a presença de vários heróis da Marvel. Desde os X-Men e o Quarteto Fantástico, passando por Demolidor, Doutor Estranho e Nick Fury. Mas a festa ficaria mais movimentada quando a Mansão é invadida pelo Circo do Crime. O grupo de vilões, do qual os integrantes são estereótipos circenses, acaba se dando mal com uma sala cheia de heróis. Mas o mais surpreendente de tudo é quando o próprio Jaqueta Amarela resolve agir... aumentando de tamanho... e revelando ser... Hank Pym! Esse é o golpe de misericórdia nos vilões.

Tudo é explicado quando o casal recém-enlaçado explica que Hank sofreu, nas palavras da Vespa, de uma esquizofrenia acidental. Um acidente em seu laboratório fez com que ele libertasse sua personalidade mais extrovertida e impulsiva, ao contrário do recatado cientista Pym, assumindo assim uma outra identidade... a de Jaqueta Amarela.

Tudo explicado, cerimônia feita, vilões detidos... e todos foram felizes para sempre.



A+:

* Na época da publicação no Brasil pela Editora Abril, foram feitas adaptações na história que acabaram saindo fora do controle. A heroína Crystalis, personagem corriqueira do grupo Inumanos, tem seu nome mudado para... Verônica, uma simples amiga da Vespa. Uma das características visuais dessa personagem são seus longos cabelos loiros, entrecortados por um detalhe negro. Para disfarçar isso (afinal, a modesta Verônica iria chamar muito a atenção), a personagem teve os cabelos recoloridos para se tornarem totalmente loiros. Além disso, sua roupa também recebeu retoques para parecer um vestido comum, uma vez que, na época, a personagem participava do Quarteto Fantástico e estava usando o característico uniforme do grupo.

Por falar em Quarteto, juntamente com "Verônica", a Mulher-Invisível auxiliava Vespa com o vestido de noiva. Apesar disso ser citado, as adaptações de personagens foram feitas de forma tão "empolgante" que acabaram mudando a cor dos cabelos loiros da heroína também, quase a transformando em uma outra personagem.

* Apesar da Mansão estar repleta de heróis, estranhamente, quando o Circo do Crime ataca, apenas os membros ativos dos Vingadores participam da batalha. A impressão que se dá é que NINGUÉM ficou para cortar o bolo. Talvez porque estivessem ocupados em levar o recheio do mesmo embora. Tratava-se da cobra gigante da Princesa Piton, vilã integrante do Circo do Crime.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

121 Re: O Diário de Steve Rogers em 21/12/15, 12:22 am

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 103

- Captain America 110 (Fevereiro de 1969)
> Publicada no Brasil na Coleção Histórica Marvel nº 1, pela Editora Panini ("Sozinho Nunca Mais")


História:

* "No Longer Alone" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jim Steranko, artefinalizada por Joe Sinnott

Uma noite em que uma pessoa, que caminha calmamente, topa com ninguém menos que o Hulk... não poderia acabar bem. E é exatamente isso que acontece com Steve Rogers. O Hulk aparece, perseguido como sempre, e com o jovem Rick Jones tentando ajudá-lo. Esse incidente faz com que o Capitão América reencontre o gigante verde, algo que os Vingadores vinham fazendo durante meses. Mas, sozinho, o herói não é páreo para o monstro, contentando-se apenas em salvar Rick Jones de seus braços.

No apartamento do Capitão América, Jones encontra e veste o uniforme de Bucky, companheiro morto do Capitão. Novamente, o herói repreende o jovem por fazer isso, não só pela ousadia, mas por não desejar ver outro parceiro ser morto em ação. A reação de Jones, no entanto, surpreende o Capitão América. Cansado das lamúrias do herói, o jovem mostra firmeza muito próxima ao que o antigo parceiro demontrava. Seria a hora de Rick Jones finalmente assumir a identidade de Bucky?

Atendendo ao alerta dos Vingadores, a dupla improvisada investiga os esgotos e encontram vários agentes da organização terrorista conhecida como Hidra, liderados por sua líder conhecida apenas como Madame Hidra. E, apesar da dura batalha que dá a vitória aos heróis, a Madame Hidra acaba fugindo.



A+:

* Seria o estresse? O Capitão América... ou melhor... Steve Rogers volta a um hábito que o caracterizava nos anos 40: fumar seu famoso cachimbo. Um tanto politicamente incorreto em se tratando de um herói que zelava por sua saúde, mantendo atividades físicas constantes (ou isso compensava o hábito... quem sabe...)

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

122 Re: O Diário de Steve Rogers em 21/12/15, 02:13 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 104

- Captain America 111 (Março de 1969)
> Publicada no Brasil na Coleção Histórica Marvel nº 1, pela Editora Panini ("Amanhã Você Vive, Esta Noite Eu Morro")

História:

[b]* "Tomorrow You Live, Tonight I Die" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jim Steranko, artefinalizada por Joe Sinnott


A depressão do Capitão América parece ser contagiante. Agora quem está com a auto-estima lá embaixo é Rick Jones que, depois de muito insistir, conseguiu a vaga de novo parceiro do herói, assumindo a identidade de Bucky. O desânimo do jovem é tamanho que ele nem mesmo se interessa quando o Capitão tenta treiná-lo.

O Capitão América também percebe que estar com a cabeça quente o levou a tomar decisões um tanto quanto desastrosas. Isso aconteceu quando ele decidiu deixar de ser o Capitão América (algo que Nick Fury o fez mudar de idéia), acabou revelando sua identidade secreta para todo o mundo. Agora que a organização terrorista Hidra está sedenta por se vingar, sua identidade civil acaba se tornando um alvo fácil.

De fato, os vilões, ainda liderados pela Madame Hidra, empreendem um massivo ataque contra Steve Rogers. No meio de uma das lutas contra os criminosos, o Capitão América salta de um prédio, sendo alvejado pelas balas dos agentes da Hidra. Para o desespero de Rick Jones, ao procurarem pelo corpo do heroi em um rio, encontram apenas seu uniforme esburacado e... pasmem... uma máscara de borracha, com as feições de Steve Rogers.

Continua...



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

123 Re: O Diário de Steve Rogers em 21/12/15, 07:50 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 105

- Captain America 112 (Abril de 1969)
> Publicada no Brasil na Coleção Histórica Marvel nº 1, pela Editora Panini ("Para Que Não Esqueçamos")


História:

* "Lest We Forget" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jack Kirby, artefinalizada por George Tuska

A notícia da morte do Capitão América, assassinado pelas hordas da Hidra, chega até a Mansão dos Vingadores e choca Tony Stark, também conhecido como Homem de Ferro. Como uma espécie de ritual, o vingador acessa os arquivos históricos com a história do Capitão e relembra sua trajetória, de seu surgimento nos anos 40, passando pela descoberta de seu corpo congelado nos anos 60, seus inimigos mais bizarros, até seu suposto fim.

Resta apenas ao Homem de Ferro encerrar o arquivo com a promessa de que seu colega será vingado.



A+:

* Até então, não é novidade que os autores dedicassem as páginas das histórias do Capitão América para recontar a origem do herói, incluindo detalhes que tentavam consertar incongruências entre sua publicação nas décadas de 40 e 60. Essa estratégia, utilizada para situar leitores novatos quanto a quem era o herói, vai um pouco mais além aqui, mostrando uma espécie de resumão de TODAS as histórias do Capitão.

Porém, essa edição-chave tem um outro atrativo. Todo esse resumo é desenhado por aquele que foi o principal desenhista do personagem (e também co-criador): Jack Kirby. Por se tratar de uma narrativa com melhores momentos, Kirby mostra cada época em cenas que mais parecem quadros em um museu, mostrando sua característica arte. Todos os vilões mostrados nas lembranças da era de ouro do herói, por exemplo, foram criações do artista naquela época. Infelizmente, esse detalhe também é uma espécie de despedida de Kirby das histórias do herói, algo que se nota no carinho dedicado a narrativa. Kirby, no entanto, ainda continuaria na editora Marvel, desenhando histórias do Quarteto Fantástico e do Thor.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

124 Re: O Diário de Steve Rogers em 22/12/15, 11:44 am

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 106

- Captain America 113 (Maio de 1969)
> Publicada no Brasil na Coleção Histórica Marvel nº 1, pela Editora Panini ("As Coisas Nunca São O Que Parecem")


História:

* "The Strange Death of Captain America" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Jim Steranko, artefinalizada por Tom Palmer

O mundo todo fica chocado com a morte do Capitão América. A imprensa detalha, inclusive, que a identidade de Steve Rogers era uma farsa para o herói esconder sua verdadeira face (devidamente camuflada com uma máscara de borracha).

Os Vingadores e a SHIELD prestam suas últimas homenagens ao colega em seu funeral. A Madame Hidra, no entanto, não satisfeita apenas por sua organização ser responsável pela tragédia (ou, talvez, pelo corpo não ter sido encontrado), ataca no próprio velório do Capitão. Com um gás emanando de um cartão, todos os heróis são desacordados e acondicionados em caixões, para que sejam enterrados vivos. O único a escapar do ataque é Rick Jones, agora usando a identidade de Bucky, que os segue até um cemitério.

Rick tenta escapar das hordas da Hidra dentro do cemitério, mas recebe uma inusitada ajuda do... Capitão América? O herói retorna e dizima os asseclas da Hidra, salvando seus colegas do enterro improvisado. A Madame Hidra, em desespero pelo fracasso e seguindo o próprio código de ética do grupo, acaba se matando em uma explosão.

Capitão América explica a Rick Jones que simulou sua morte utilizando um boneco com seu uniforme e uma máscara de borracha. A intenção era fazer com que o mundo pensasse que a identidade de Steve Rogers não existisse e que, quando o herói retornasse, pensassem em se tratar de uma outra pessoa usando seu uniforme. Uma pessoa que não mais revelaria sua identidade, algo que não só o estava deixando vulnerável, mas a seus entes mais queridos também.



A+:

* A Madame Hidra conta parte de sua origem, revelando uma infância de perseguição e crime, que culminou com o assassinato do alto escalão da Hidra, quando tomou para si a organização.

Estranhamente, é citado que seu ódio está representado em uma horrenda cicatriz em seu rosto. No Universo Marvel, o recurso drámático de mostrar um vilão deformado chega a ser comum. Assim como é comum o detalhe de NUNCA revelar a deformação, dando uma idéia de que é algo tão terrível que não pode ser visto pelos leitores. No caso da Madame Hidra, esse recurso é reforçado por seus longos cabelos negros jogado em frente ao rosto. No entanto, mesmo com a mais fértil das imaginações, chega a ser difícil imaginar alguma cicatriz naquela aparentemente bela mulher.

* No funeral, entre os vingadores que comparecem (e carregam o caixão) está o andróide conhecido como Visão, que apareceu pela primeira vez na própria revista mensal dos Vingadores, em Outubro de 1968. Foi criado pelo robô-vilão Ultron e tinha a capacidade de modificar a densidade de seu corpo, indo do mais denso e instransponível até tornar-se intangível como um "fantasma", sendo capaz de atravessar estruturas sólidas.

* Há quem diga que a escolha do desenhista Jim Steranko para substituir Jack Kirby nas histórias do Capitão América fosse algo radical. Afinal, o herói pelo traço de Kirby era um tanto quanto truculento; já com Steranko o tom mudou radicalmente, permeado por quadrinizações e traços absolutamente psicodélicos, dando a impressão das páginas serem verdadeira alucinações do leitor. De fato, isso marcou uma mudança de tom nas aventuras do Capitão. E, apesar de Steranko não desenhar mais o Capitão em diante, é notável a sensação de término de uma era.

Uma curiosidade: Jim Steranko ficou famoso por introduzir a pop-art nos quadrinhos de uma forma nunca imaginada. Sua fama ia além do universo dos quadrinhos, sendo amigo de famosas personalidades artísticas fora desse meio. Entre seus mais inusitados contatos, está a amizade com o guitarrista Frank Beecher, da banda Bill Halley and the Comets. A grupo iniciou na cidade vizinha a de Steranko.

Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

darkmarcos

125 Re: O Diário de Steve Rogers em 22/12/15, 01:14 pm

avatar
Nível Médio 2
Nível Médio 2

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 107

- Captain America 114 (Junho de 1969)
> Publicada no Brasil na revista Homem de Ferro e Capitão América (Capitão Z) nº 32, pela Editora Ebal ("O Homem Por Trás da Máscara")


História:

* "The Man Behind The Mask" - Escrita por Stan Lee, desenhada por John Romita Sr., artefinalizada por Sal Buscema

Capitão América se esforça para manter o anonimato agora que recuperou uma identidade secreta... ou mais ou menos isso. O herói prefere se manter sozinho com apenas alguns conhecidos sabendo de seu verdadeiro paradeiro. Evita, por exemplo, voltar a Mansão dos Vingadores ou mesmo de ser um integrante do grupo. Pantera Negra percebe o homem em frente a mansão, embaixo de chuva, que se afasta do local. No entanto, indendente do que se passa na cabeça de seu colega, sua decisão é respeitada.

Procurando o auxílio da SHIELD, Capitão América descobre que sua amada Sharon Carter, que ainda pensa que ele está morto, partiu em uma missão suicida contra a IMA. Juntamente com Bucky (a identidade de Rick Jones), o herói resgata Sharon e revela que ele está bem. Pede, no entanto, que ela se exonere do cargo de agente da SHIELD para não correr mais perigo. Ela não quer tomar tal decisão. O Capitão, portanto, decide se isolar mais ainda para manter seguro quem ele ama.

O herói usa um disfarce e tenta se hospedar em vários hotéis. Mas a falta de documentação ou mesmo referências dificultam essa simples tarefa de tal modo, que ele acaba indo parar em um quarto de um hotel fuleiro, em um vizinhança pouco recomendada. Porém, mesmo estando exilado nesse quarto, um antigo vilão consegue encontrá-lo. O Caveira Vermelha ressurge... e só consegue encontrar seu inimigo... pois recuperou o Cubo Cósmico!

Continua...



Artigo originalmente publicado no blog Âmago. Visite: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


_________________

Visite a Sala de Perigo, a loja oficial do blog Âmago: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 8]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum